22.5.10

Esta noite , tive medo (...)

Enquanto percorria o mar dos meus sonhos , enquanto o navegava como um marinheiro , ouvi os gritos da tribulação e tive medo , tive medo ao ouvir tantos gritos , tanta angustia , senti a morte em mim , e naqueles que estavam lá . Comigo . Senti tanto medo que saí do mar , como quem acorda dos sonhos , e só olhava para o escuro . Não conseguia ver nada , a não ser escuro . Estava escuro . Muito , escuro . Mas não pensei , segui os meus instintos e continuei a navegar na escuridão , e sim , encontrei muitos obstáculos . Mas só ajudaram no desafio , na viagem . Ouvia muito barulho enquanto navegava sim - e era muito barulho mesmo - mas não foi por isso que parei - aliás , nem estava nos meus planos - continuei , e aqui estou eu , consegui , encontrei aquilo que toda a gente tem medo de alcançar , pois tem medo de a perder logo a seguir , a felicidade .


E sim , esta noite tive medo .

5 comentários:

Isabel disse...

"...encontrei aquilo que toda a gente tem medo de alcançar , pois tem medo de a perder logo a seguir , a felicidade" Não têm medo de alcançar mas como a procuram nunca a encontram, simplesmente deviam fazer por isso, para ela acontecer sem o medo de arriscar a ser feliz, adorei o texto(:

Isabel disse...

Eu percebi a ideia querida(: De nada

Isabel disse...

só comento porque gosto:P

, Patriciaa * disse...

Obrigada (:

Também vou seguir o teu, um beijo *

Inês disse...

gostei do teu blog e escreves mesmo bem (;