19.6.10

01h:21min .

Hoje sem esforço nenhum, as lágrimas vinham-me aos olhos, sem eu querer, sem eu desejar, mas não as impedi de virem, deixei-as vir, pois tinham de ser libertadas, eu tinha de limpar a minha alma chorando, e assim foi. Eu não queria que nada disto acontecesse, juro, nunca quis que estes sentimentos nascessem, mas nasceram, e eu nada poderei fazer para os fazer desaparecer, ou tornar maiores, ou menos, simplesmente não manda-mos nisso, ninguém manda, e eu não serei diferente, logo, também não mandarei nos sentimentos e terei de viver com eles, ou pelo menos, aprender a viver com eles. Gostava de dizer-te o quão gosto de ti, mas ás vezes falta a coragem, e então, posso definir as minhas lágrimas como o meu amor por ti, pois são inúmeras, são tantas, como o meu amor por ti, é tanto. No nosso dia-a-dia acontecem coisas que nunca esperamos acontecerem, como ontem acontecerem coisas que não esperava, nem ninguém, eu poderia ter evitado tudo isso ás uns meses atrás, mas isso não aconteceu, e alastrou-se até agora, não sei se aumentou, se diminuiu, se, se manteve igual, se é mais forte, ou menos forte, eu não sei... Simplesmente deixei de saber tudo... Sinto-me mal, mal comigo própria, mal contigo, mal com tudo, mal, com todos. É impressionante como choro, e por vezes nem dou conta, as lágrimas não me pedem permissão para escorrerem pela minha face, quando dou por mim, tenho a face como um mar salgado, cheio de sal, cheio de tristeza. E eu não queria... Se eu pudesse tornaria tudo isto diferente, tudo isto de outra maneira, mas, não posso, não dá, é completamente impossível... Sim, estives-te a escassos momentos de me beijar, e sim, ainda tocas-te os meus lábios, mas eu não permiti que avançasses, fazendo-te sentir rejeitado, ainda mais do que aquilo que já te sentias. Eu não queria que nada disto acontecesse, queria-te bem, como sempre estives-te, como sempre foste, mesmo que por debaixo dessa grande carapaça forte, se escondesse um enorme sofrimento, uma enorme tristeza... Hoje foi sem dúvida, o pior dia da minha vida, chorei tanto, chorei por ti, e por tudo o que te estava a fazer passar, mas não intencionalmente. Mas apesar disso, ainda não desistis-te, e aprecio isso, és realmente um lutador do amor, do teu amor, mesmo fraco, ainda lutas com as forças que te restam, que não devem ser muitas, mas que para ti cheguem... Aprecio tudo em ti, a tua maneira de abstrair os sentimentos, ocultar aquilo que sentes em frente a todos, a fingires ser forte, quando já não te restam muitas forças, a sorrires, quando queres chorares, a falar, quando queres ficar calado, a mexeres-te quando queres estar quieto e sossegado, à tua coragem, que é tanta...
"Amo-te, sabias?".
O futuro é de todos tal como o fácil, por isso espera pelo futuro, e vê o que de bom ele te reserva, e se for difícil, não desistas, como até hoje, após estes meses, não desistis-te. 
Ninguém sabe o dia de amanhã.

E foi á hora do título desta mensagem
que recebi uma mensagem tua a dizer 
que não conseguias dormir porque não paravas de pensar em mim.
  18-06-2010.
____________________________________________________________________________________




"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais." Infelizmente o de José Saramago , foi o último .
José Saramago 16 de Novembro 1922 - 18 de Junho de 2010 .

11 comentários:

Mar. disse...

- tá lindo amor *-*

Andrea Soares disse...

que lindo Nathalie *.*

Andrea Soares disse...

e eu do teu texto :b, obrigada *

Anónimo disse...

Quero-te ver sempre feliz Nathalie :b

Nathalie Gomes . disse...

farei por isso, tc, obrigado por tudo (L).

lauram disse...

perfeito nathalie! adorei.

Anónimo disse...

que texto mais lindo, gostei bastante nathalie.
espero que tenhas muita força para enfrentar qual quer que seja o teu problema.
deves ter muitos amigas/os que te apoiam és uma pessoa fantastica.

Nathalie Gomes . disse...

*-* muito obrigado !

Mary (: disse...

está lindo Nathalie *.*

Mary (: disse...

Tenho um selinho para ti no meu blog (:

Mary (: disse...

é o que está no meu ultimo post Nathalie *
; vermelho (: